• Ana Paula Martin Benitez Albach

A controladoria jurídica no escritório de advocacia


Incluir a Controladoria Jurídica entre os setores de um escritório de advocacia é uma prática relativamente recente, mas relevante, pois está diretamente ligada à qualificação do escritório de advocacia.

Mas no que consiste o setor do Controle?

O Controle é o setor criado para organizar as várias áreas e funções do escritório, bem como os atos de seus colaboradores, concentrando todos os prazos, intimações e publicações. É para o Controle que os advogados encaminham toda a produção diária de peças processuais, sendo de responsabilidade do Controle o atendimento de protocolos e cumprimento de prazos, além da distribuição de novas ações e análise da conformidade das petições a serem protocoladas, dentro dos padrões e critérios estabelecidos por cada escritório.

É também o setor responsável pelo cadastro dos colaboradores nos sistemas, elaboração de manuais de procedimentos e fluxos de trabalho, confecção de relatórios, atualizações dos sistemas e acompanhamentos processuais. Por meio do Controle é que os sócios têm conhecimento dos atos praticados em nome da sociedade.

A controladoria jurídica funciona como um controle de qualidade, minimizando erros e focando em resultados e metas sempre buscando maior efetividade para os clientes e para o escritório em si. O principal objetivo da Controladoria é concentrar os atos de um escritório, de modo que cada prazo seja distribuído ao respectivo responsável, garantindo-se, por conseguinte, o sigilo das informações e o cumprimento de todos os atos processuais.

Ainda, tendo em vista que é de responsabilidade dos Controllers a recepção de intimações e agendamento dos respectivos prazos, podem os advogados trabalhar exclusivamente na produção criativa de conteúdo jurídico, o que otimiza – e muito – a rotina da advocacia. Vale dizer que eventuais desconformidades detectadas devem ser diretamente comunicadas aos diretores, sendo registrado em relatório mensal. Portanto, a Controladoria está intimamente ligada à organização estrutural de um escritório.

Os escritórios de advocacia que buscam se manter sempre atualizados, utilizando inteligência artificial e jurimetria, por exemplo, em conformidade com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), devem necessariamente contar com uma Controladoria consolidada e integrada com os demais setores.

* Ana Paula Martin Benitez Albach (OAB/PR 99.108) é a Controller jurídico do escritório Gomm Advogados

84 views0 comments